Ensino Fundamental 2

Olimpíada de Matemática - Prêmio Canguru

No início dos anos 80 do século passado, Peter O’Halloran, um professor de Matemática em Sydney, na Austrália, elaborou uma prova digital que passou a ser resolvida por milhares de alunos simultaneamente.

Anos depois, em 1991, dois professores franceses, André Deledicq e Jean Pierre Boudine, decidiram iniciar o concurso na França e, em homenagem ao colega australiano, deram-lhe o nome de “Kangourou”;

Foi dessa forma que nasceu o concurso Kangourou sans Frontières (www.aksf.org) que hoje está presente em mais de 80 países, incluindo o Brasil (www.cangurudematematicabrasil.com.br).

Canguru sem Fronteiras é uma associação internacional que congrega personalidades do mundo da Matemática. Anualmente, um seleto grupo de professores se reúne para discutir o ensino da Matemática e preparar as provas que serão aplicadas nos países participantes.

A finalidade da Associação é promover a divulgação da Matemática por todos os meios ao seu alcance e, em particular, com a realização do concurso que envolve e motiva milhares de alunos pelo mundo.

Alunos premiados:

Italo Souza Ribeiro - 7º Ano - Menção Honrosa - OBMEP
Gabriel Francis Barros Pereira - 8º Ano - Menção Honrosa - OBMEP
Júlia Palucci - 9º Ano - Menção Honrosa - OBMEP
Monalisa de Oliveira Lima - 6º Ano - Medalha Menção Honrosa
Laura Mishima Magosso - 5º Ano - Medalha de Bronze
Larissa Harumi Kowara Reis - 9º Ano - Medalha de Bronze
Guilherme Gomes Rueda - 6º Ano - Medalha de Bronze
Davi Velloso de Faria Paschoalino - 6º ano - Medalha de Prata
Felipe Rozette Pigini - 5º ano - Medalha de Prata
Júlia Palucci - 9º Ano - Medalha de Prata
Gabriel Francis Barros Pereira - 8º Ano - Medalha de Ouro

Orientados pelo professor de matemática: Rafael